Adicionado por em 2014-11-17

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

comer-emagrecerpor Celso Machado.

Pode ser que exista, mas sou incrédulo quanto a fórmulas milagrosas de emagrecer. Ou como acho mais adequado, desengordar. Para mim gordo quando diminui o peso não emagrece, desengorda. Bota para fora excessos e sobrepeso. Emagrecer já é mais complicado, é ficar magro. É estar ou ficar com o peso abaixo do normal.

Outra coisa que gosto de separar é a diferença entre consciência e atitude. Penso que todo aquele que está acima do peso tem consciência disso. O que lhe falta é atitude para enfrentar e solucionar isso.

A respeito de perda de peso sou daqueles que entende que das duas uma: ou pouca gente sabe e quando sabe não conta ou tem complicações seríssimas. Tem ainda uma terceira, que custa caro e beneficia muito mais quem vende os produtos do que quem os consome. Há também uma quarta, que tem apresentado bons resultados, mas traz embutida uma série de exigências, que é a da cirurgia de estomago.

Por mais desafiadora que possa parecer a velha fórmula de reduzir o consumo de calorias e aumentar a queima delas por meio de atividades físicas considero a mais confiável. Normalmente quando a pessoa adota essa prática precisa ter determinação e perseverança. Ah, e também disciplina.

Porque não é fácil abrir mão daquilo que dá prazer. Nessa fase, que para funcionar tem que ser para a vida inteira, a pessoa tem que aprender a negociar consigo. Penso que sem exageros desses “nunca mais como isso ou aquilo”, mas ponderar quando vai se alimentar sobre a relação entre calorias e satisfação. Até porque não tem nada mais bobo do que a pessoa comer errado. Jogar fora muito sacrifício por compulsão alimentar. Deixar que o estômago e não a razão comande suas atitudes. Ficar com a consciência mais pesada que a barriga.

Sou daqueles que entre um pão de queijo e uma cerveja, que possuem praticamente o mesmo teor calórico, não tenho dúvida sobre qual vou deixar de consumir. Quem quer desengordar mesmo, creio que precisa de uma atitude fundamental: conversar consigo. E enfrentar seu descontrole. Comer escondido não ajuda em nada, pelo contrário. Por isso a necessidade de enfrentar seus hábitos equivocados e dar um basta nos exageros.

E começar a ter controle. Sobre o que come e a quantidade do que come. Pesar com frequência para ver o resultado do seu comportamento. Ficar feliz e comemorar toda perda de peso por menor que seja. E, avaliando, como conseguiu isso, ser ainda mais criterioso nas suas atitudes. Porque a recompensa de quem perde peso é aumentar a carga de atividades e reduzir a de consumo, para continuar alcançando resultados positivos.

Resultados que ficam cada vez mais difíceis a medida que a redução vai acontecendo. Porque depois dos primeiros excessos, inchaços, é que a coisa pega. Não tenho nada contra cirurgias bariátricas, mas pela restrição que impõe, entendo que quem implementá-la vai ter praticamente os mesmos resultados, independente da operação. A cabeça, mais do que o estômago, é que tem que mudar. Não é fácil, porque se fosse eu já teria desengordado.

Sabendo de tudo isso, vivo patinando nesse quesito. Falta o essencial: aprender e praticar algo extremamente difícil que é sentir prazer em abrir mão de prazeres.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um Comentário