Adicionado por em 2015-06-08

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


margaridas-amanhecer-wallpaperpor Celso Machado

Todos os dias, de segunda a sexta-feira, por volta das 6h30, vou à academia do Cajubá praticar minha ginástica matinal. Encontro pessoas conhecidas, outras não. A todas cumprimento desejando um bom dia. A maioria retribui com a mesma intensidade. Mas tem outras que o fazem automaticamente, sem o menor esboço de um sorriso, de uma gentileza. Falam um bom dia com tamanho descrédito ou mal humor que não dá para acreditar que desejam isso de verdade.

Fico sem entender tanto porque alguém levanta emburrado para praticar algo que faz bem e portanto merece que seja com disposição, com energia. E, igualmente, porque fazem uma saudação mecanicamente, sem que tenha brotado de dentro do coração.

Que pena, nem percebem o que estão perdendo. O que estão deixando de ganhar quando deixam o mecanicismo tomar o espaço que pode ser ocupado pela emoção, pela alegria.

Como é bom ouvir a saudação alegre e prá cima do Paraíba, que cuida do estacionamento do Cajubá, quando encontro uma vaga carinhosamente indicada por ele. As gozações e irreverências dos “personal trainers”, especialmente do “Jiló”, alvo predileto das minhas tiradas e ironia. No que sou apoiado pela maioria dos que se manifestam no horário que frequento. Zoar e provocar os colegas de academia. Reforçar amizades antigas e fazer novas. Tomar o cafezinho da Sirley, sempre servido com o acompanhamento do seu bom astral.

Isto torna minhas manhãs gostosas. Cria condições para uma jornada mais otimista, oxigena o corpo e as ideias. Predispõe para cumprir meus compromissos e gerar novas iniciativas. Recompensa o esforço de levantar de madrugada, abrir mão do aconchego da esposa amada e do conforto do colchão amigo.

Quem acorda agradecendo pela beleza da vida começa o dia com outro ânimo, disposição, significado. E pode desejar, de verdade, um bom dia para quem encontra, porque está aberto para tê-lo. Porque tem o privilégio de ser agradecido e reconhecido. De desejar o bem para o outro, porque deseja de verdade isso.

Seu comportamento afina com seu pensamento. Não existe intenção diferente por traz dos seus gestos. Coincide consigo próprio. Não age mecanicamente, como se fosse um robô, mas sim como gente. Quem abre mão de tentar o melhor logo ao acordar, diminui consideravelmente as chances de ter um bom dia. Porque nosso pensamento direciona nossos atos. Quem acorda mal humorado, aborrecido, certamente vai continuar assim pelo resto do dia. O pior é que, provavelmente, ainda vai influenciar outros. Porque se alegria é contagiante, “ingrisia” também.

Penso que a todo momento devemos estar atentos, para saber se estamos agindo automaticamente, ou não. Até mesmo nos nossos cumprimentos. Do contrário é melhor ficar calado. Não tem nada mais eficaz para piorar um dia do que começa-lo mentindo.

E pra finalizar, não acho que a academia do Cajubá seja uma das mais bem equipadas da cidade. Nesse quesito reconheço que é até modesta. Mas, das que frequentei, com certeza, é a que tem mais gente que deseja bom dia de verdade.

PUBLICADO NO CORREIO DE UBERLÂNDIA EM 6 DE JUNHO DE 2015.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Categoria:

Mineiridades

Deixe um Comentário