Adicionado por em 2016-08-27

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

Captura de Tela 2016-08-25 às 10.30.33 AMPor Celso Machado

É muito comum a gente brincar que diversas cidades da região fazem parte da “grande Uberlândia”. Uma forma carinhosa de mostrar a grandeza de nossa cidade e sua influência em toda região.

Só que neste caso não. Quando me refiro à “grande Uberlândia”, estou tratando da nossa cidade e dos distritos que dela fazem parte.

Por essas generosidades que nossa cidade oferece, estou tendo uma oportunidade maravilhosa, que passaremos agora a compartilhar com todos, graças à aprovação de um projeto cultural por parte da Prefeitura, ao patrocínio do eFacil e ao apoio fundamental da TV Paranaíba.

Trata-se da série Arte dos Distritos, que será veiculada a partir de amanhã, domingo, às 10 horas da manhã pela TV Paranaíba. Serão 5 semanas seguidas por novos episódios.

É um projeto que tem como escopo principal promover a arte, a história e os personagens que temos em nossos 4 distritos: Cruzeiro dos Peixotos, Martinésia, Miraporanga e Tapuirama.

Quando surgiu essa oportunidade não pensei duas vezes e mergulhei nela de corpo e alma. Primeiro fui crítico de mim mesmo. Reconhecendo a pouca atenção que eu, como uberlandense amante da nossa memória e história, estava dedicando a quem tanta importância tem nelas.

Segundo, fui a campo. Desta vez abri mão do suporte do trabalho de uma produtora, que é sempre fundamental, e eu mesmo me dediquei a isso na maioria dos personagens e matérias. Reuni, como sempre faço, uma equipe dedicada, competente e principalmente solidária. Neste caso, os parceiros Ricardo Santos, Diego Goar, Carlos Guimarães, Tarcísio Manúvei, Eugenito Junior, Adriana Faria, Dolores Mendes, Nara Sbreebow e toda estrutura da Close. Tive também a grande colaboração do violeiro Arnaldo Freitas que liberou uma de suas músicas para a abertura e trilha da série.

Voltei no tempo em alguns casos, especialmente Martinésia e Miraporanga, que não visitava há mais de 40 anos. Mesmo em Cruzeiro dos Peixotos e principalmente Tapuirama, que até que ia de vez em quando, aprofundei o olhar e descobri coisas maravilhosas que até então não conhecia.

Produzimos um material que tenho muito orgulho em incluir no meu portfólio. Em compartilhar com tantos que generosamente nos acompanham. E o que me deixa super feliz: fiz novos e queridos amigos. Fui muito bem recebido em todos os distritos e tive apoio de todos que contatei.

Conheci artistas talentosos, pessoas com trabalhos maravilhosos, gente simples e acolhedora. E, claro, saboreei comidas simples, mas deliciosas. Absorvi carinho, revigorei minha paixão por Uberlândia e seu povo.

Fiquei encantado por tudo que vi. Em cada distrito descobri personagens, figuras fascinantes.

Em todos fui mais de uma vez. Vou voltar outras. Não apenas para cumprir os compromissos do projeto, mas pelas belezas que descobri.

Nesta semana em que se comemora o aniversário de Uberlândia me sinto feliz, agraciado por ter realizado este trabalho.

Agradecido a quem o aprovou, a quem o patrocinou, a quem o apoiou, a quem trabalhou comigo. E especialmente a quem se dispôs a fazer parte dele, por meio de depoimentos, narrativas, histórias e apresentações artísticas.

Conheci uma Uberlândia a qual,  reconheço, não dava a importância devida. Assumo meu pecado e fico aliviado em tê-lo confessado. Publicamente.

Que não apenas eu, mas todos que amam esta cidade possam fazer o mesmo: dedicar um pouco, apenas um pouquinho mais de atenção aos nossos distritos tão repletos de pessoas do bem. De histórias e artistas maravilhosos.

Viajar por esta Uberlândia tão especial, a Uberlândia de Cruzeiro dos Peixotos, de Martinésia, de Miraporanga e de Tapuirama. Das nossas raízes e tradições.

Boa viagem a todos!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um Comentário