Adicionado por em 2014-11-24

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

microfones-jabulaniJá tive oportunidade de realizar centenas de entrevistas. Isto não significa que tenha conseguido me tornar um bom entrevistador. Estou longe disso, no máximo me considero um bom “escutador”, pelo interesse sincero em prestar atenção no que os entrevistados falam e porque entendo que quem tem que falar é o entrevistado e não eu.

Tive oportunidade de colher depoimentos de figuras ilustres, autoridades dos mais diferentes segmentos e também de pessoas simples. A todas trato com o maior respeito, consideração e tenho orgulho de tê-las realizado. Algumas, por uma série de razões particularmente especiais, considero inesquecíveis.

E agora vou incluir entre elas, uma que não aconteceu. Que estive por fazê-la e, novamente, por questões do destino não foi possível realizar. A entrevista com o extraordinário cardiologista Adib Domingos Jatene, que viveu sua infância e parte da adolescência em nossa cidade.

Graças a mais uma, entre as centenas de oportunidades maravilhosas que o dr. Luiz Alberto Garcia generosamente me proporciona, fui incumbido de lhe entregar pessoalmente o convite para ser agraciado na 5ª Edição da comenda Alexandrino Garcia. Comenda esta outorgada de dois em dois anos pela Câmara Municipal de Uberlândia em que cada vereador indica um homenageado e a Algar dois, sendo um pessoa física e outra jurídica.

Fui recebido com toda gentileza no seu consultório no Hospital do Coração em São Paulo. Além do convite não perdi a oportunidade de lhe entregar exemplares das edições do almanaque “Uberlândia de Ontem e Sempre”. Ele os folheou com atenção e ao deparar com a foto do dr. Domingos Pimentel de Ulhoa, abriu um largo sorriso e comentou: foi meu professor quando fazia o ginásio no colégio Estadual. Perguntei se me daria uma entrevista, ele prontamente aceitou e deixamos agendada para quando de sua vinda em Uberlândia para receber a comenda no dia 22 de agosto.

Oferecemos transporte aéreo para essa viagem, mas ele recusou. Disse que estava acostumado a viajar de camionete com seu motorista. No dia 22, junto com a equipe da Close, as 14h fomos até o Uberlândia Medical Center, que ele ficara de conhecer para aguardá-lo. O dr. Roberto Botelho facilitou tudo e nos mantinha informado sobre o adiamento da sua chegada.

Por uma série de razões ele chegou por volta das 18h30 e como a solenidade estava agendada para as 19h não foi possível a gravação. No outro dia ele foi embora muito cedo, o que também impossibilitou que ela acontecesse.  Pouco depois de uma semana recebi ligação de sua secretaria falando que queria o contato do dr. Luiz pois o dr. Adib gostaria de mandar uma lembrança de agradecimento pela comenda. O interessante é que, dois dias antes o dr. Luiz havia falado comigo que também desejava fazer o mesmo.

Aproveitei a ligação e voltei a tratar sobre a entrevista. Ela pediu que encaminhasse as perguntas para que ele inteirasse do teor e que me retornaria. Fiz isso no mesmo dia. Uma semana depois aconteceu o seu infarto. Acompanhei pelo noticiário seu estado e sábado, como todo mundo que o conhecia, lamentei bastante seu falecimento.

É bom dizer que além de toda admiração, tinha por ele também gratidão, pois foi quem me operou em março de 1984. A entrevista que tanto queria, que estava programada para ser a matéria principal da edição 9 do almanaque e que provavelmente poderia gerar um documentário não aconteceu. Menos mal que registramos seu brilhante pronunciamento e temos na Close vários outros materiais com ele. Menos mal que quase consegui mais uma entrevista inesquecível.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um Comentário