Adicionado por em 2014-06-07

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
A pequena notável Cora Pavan Capparelli

A pequena notável Cora Pavan Capparelli

Uberlândia é uma cidade especial. Muito especial. Tem quase tudo que toda cidade grande tem. Mas também tem coisas que só aqui tem. Aqui tem posto de gasolina que vende pão com qualidade superior a muitas padarias. Em compensação tem padaria que disponibiliza vinhos com mais variedade, melhor qualidade e preço do que empórios especializados.

Tem supermercado que oferece sushi, sashimi, etc que não fica nada a dever aos melhores restaurantes especializados em comida japonesa. Tem feira livre à noite. Onde o número de pastelarias supera o de bancas de frutas, legumes e verduras.

Futebol de qualidade e disputado não está representado pela principal equipe profissional da cidade, mas nos concorridos campeonatos do amador. Que, diga-se de passagem, de amador quase não tem nada.
No aeroporto quem sabe tudo é uma pessoa que não trabalha lá. Não trabalha no sentido da ligação formal, mas que “bate-ponto” todas as madrugadas e manhãs, atendendo e resolvendo todo tipo de problema com viagens aéreas.

Praia em nossa cidade não tem mar, muito menos água salgada e areia, mas oferece uma quantidade e diversidade de entretenimento incomparável.

Em Uberlândia atacado não tem o significado comum de outras plagas. Porque não tem nada a ver com os ataques e chiliques de uma pessoa. Atacado aqui é do bem, promove a integração entre a produção e o consumo, exercendo o magnifico papel da distribuição. Gera riqueza para todas as partes.

Grande Otelo, nosso artista maior, era bem baixinho. Grande, incomparavelmente grande, só no talento. Talento tão evidente, bonito e merecedor de todo nosso reconhecimento em outra grande pequena figura notável, Cora Pavan Capparelli.

Tem coisas que só aqui tem: nossa pizzaria mais antiga e uma das mais famosas serve pizza com arroz e linguiça. Nem na Itália existe isso. O maior shopping center de Uberlândia tem um nome bastante original, Center Shopping. E a lista de uberlandices continua.

Alguns dos maiores prefeitos da história de Uberlândia não nasceram aqui. Casos de Virgílio Galassi, Paulo Ferolla, Odelmo Leão Carneiro e o atual Gilmar Machado. A rua Grande de tantas e boas recordações tem a incrível extensão de um quarteirão. Isso mesmo, apenas um quarteirão.

Teve um bar super movimentado há tempos atrás cujo proprietário colocou um nome muito criativo: Bar Merindus. Nome esse que teve que mudar questionado que foi na justiça pelo Banco Bamerindus. A solução que encontrou para substitui-lo foi ainda mais criativo “E o banco levou…”

Para terminar porque a lista não tem fim, tem o caso de Olga Del Fávero. Uma importante professora que nasceu e foi registrada com o nome de Helena, mas que quando cresceu ficou sendo conhecida como Olga. O inusitado é que quando faleceu, no registro de óbito constou o falecimento de Olga Del Fávero. Com isso Helena nasceu e nunca vai morrer. E Olga morreu sem ter nascido.

Me diga: isso é ou não é uma coisa que só podia acontecer aqui?

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Categoria:

Mineiridades

Deixe um Comentário