Adicionado por em 2016-07-08

Especial “Reconhecimento, ainda que tardio” será exibido a partir deste fim de semana

 

Screen Shot 2016-07-07 at 10.43.04 AMNesse sábado, 9 de julho, o Uberlândia de Ontem e Sempre trará uma edição especial, em homenagem a Rondon Pacheco, ex-governador de Minas Gerais, falecido no início da semana. Com o título “Reconhecimento, ainda que tardio”, o programa ferá um resgate de parte da trajetória do político mineiro.

A produtora do programa, Close Comunicação, possui um grande acervo audiovisual sobre a trajetória de Rondon Pacheco, remanescente das gravações do documentário “Algodão entre Espelhos”, lançado em 2012. “Muita coisa ficou fora do filme, foi difícil selecionar o que entraria ou não. Resolvemos guardar parte do material gravado que, agora, se transforma nessa homenagem”, disse Celso Machado, um dos diretores do filme, ao lado de Nara Sbreebow.

O programa desse sábado traz materias inéditos, como a homenagem feita a Rondon Pacheco pelo Praia Clube, no final dos anos de 1990, em que os ex-prefeitos Virgílio Galassi, Renato de Freitas e Raul Pereira gravaram seus depoimentos. O material tem ainda uma entrevista com Benedita Ulhoa, que foi a primeira professora do político.

Conta também com uma entrevista feita pelo Museu da Pessoa, de São Paulo, gravada em 2001. Nela, Rondon relembra sua infância na então pequena Uberlândia, a ida para Belo Horizonte e os primeiros passos na vida pública. Uma parte do programa apresenta o contexto em que aconteceu a assinatura do Ato Institucional número 5 (AI-5), no qual o político teve participação. O ex-ministro e ex-senador Jarbas Passarinho fala sobre as tentativas frustradas de Rondon em amenizar o texto que seria aprovado posteriormente. Outra entrevista importante é a do ex-ministro Delfim Neto.

Para Celso Machado, a homenagem mostra alguns aspectos da vida e da trajetória de Rondon Pacheco, que complementam o que já foi mostrado no documentário “Algodão entre Espelhos”, focado no desenvolvimento econômico de Minas Gerais. “A biografia dele é muito grande, nessa homenagem a gente buscou mostrar o homem público, a pessoa que se dedicou ao interesse coletivo. Rondon Pacheco representa para mim a essência do que é o ser político”, finaliza Celso Machado.

O programa Uberlândia de Ontem e Sempre foi criado em 2005 e faz um resgate em vídeo da história da cidade. Em suas mais de 530 edições, já entrevistou inúmeras personalidades uberlandenses, entre elas, Rondon Pacheco e seus contemporâneos na vida pública. Editado semanalmente, seu conteúdo pode ser acompanhado pela TV Universitária e Canal da Gente, além da internet, pelo site www.uberlandiadeontemesempre.com.br

 

Uberlândia de Ontem e Sempre

Especial Rondon Pacheco

TV Universitária: estreia no sábado, 14h30 (reprise na quarta-feira, 18h30)

Canal da Gente: estreia domingo, 20h (com reprise na terça-feira, 18h; quarta e sexta-feira, 23h)

Deixe um Comentário