Adicionado por em 2015-12-21

por Ariane Bocamino

O Clube do Futevôlei foi criado em junho de 2013, no bairro Lídice, setor central de Uberlândia. Bruno Leonardo Cangussu Santos, empresário de 34 anos, fundou o espaço na tentativa de trazer mais opções para os adeptos e também divulgar mais o esporte que ainda não tem grande visibilidade no Município, por ser associado às cidades litorâneas.

Em Uberlândia, segundo Cangussu, não há opções de locais públicos para a prática do futevôlei. “Tínhamos, até então, um espaço em clube particular na zona sul de Uberlândia, na casa de um colega nosso e só. Então, o clube veio para trazer mais uma opção e reunir mesmo o pessoal que é apaixonado pelo esporte e encara o futevôlei como um estilo de vida”, afirmou o criador do clube.

futvolei-sal-da-terra

Jogadores de Uberlândia têm o futevôlei como estilo de vida (Foto: Celso Ribeiro)

Segundo a Confederação Brasileira de Futevôlei, o esporte surgiu no País em meados da década de 60, no Rio de Janeiro, com jogadores que praticam futebol na areia da praia, mas que, a partir de determinado horário, não podiam jogar mais devido à presença dos policiais da Ditadura Militar. “Uma das características mais marcantes do futevôlei é que ele é genuinamente brasileiro, nasceu da habilidade dos nossos jogadores e é isso que queremos fazer, incentivar as outras pessoas”, disse Cangussu.

O gerente de Marketing Michel Alves já jogou futebol profissionalmente e é membro do clube, assíduo nas partidas. “Uma das características que me encanta no esporte é que a arte, a ginga, o improviso, além de ser nosso, é genuíno, não é?” Então, eu não troco mais o futevôlei. Eu já estive no futebol, mas aqui é diferente, temos uma amizade, dentro e fora da quadra. As famílias se conhecem, enfim, é um estilo de vida mesmo”, disse Alves.

PUBLICADO NO CORREIO DE UBERLÂNDIA EM 19 DE DEZEMBRO DE 2015.

Deixe um Comentário