Adicionado por em 2015-04-06

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

por Ariane Bocamino

Fomos a Cruzeiro dos Peixotos, distrito que fica a 20 km de Uberlândia, na zona norte do Município, para aprender uma receita especial, não somente por seu sabor docinho, mas por sua história recheada de lembranças e ingredientes trazidos na bagagem de uma jornalista, Dolores Mendes, que é parte mineira, parte catarinense. Dolores nasceu em São João Batista (SC) e veio para Uberlândia na década de 80. Ela se apaixonou por Minas Gerais e, por aqui, ela vive até hoje, atualmente, no distrito uberlandense. “Eu sou apaixonada pela mineiridade. Esse jeito cuidadoso, tranquilo, receptivo. Eu tenho isso, mesmo não sendo mineira. Mas tem muita gente nascida aqui que não é assim”, disse.

DOLORES

Dolores nasceu em São João Batista (SC) e veio para Uberlândia na década de 80 (Foto: Cleiton Borges 4/12/2014)

Apesar do gosto por Minas, em especial por Cruzeiro dos Peixotos, a jornalista traz em sua rotina hábitos catarinenses para, de certa forma, manter contato com a sua terra. Entre eles, está a culinária. Uma receita de origem alemã muito comum em Santa Catarina é a Cuca, nome engraçado, mas que revela boas memórias de quem vive ou viveu na região Sul do Brasil. “Acho que a gente nunca se desliga da história da gente, sabe? Minha avó fazia cuca, minha mãe fazia cuca e eu faço até hoje, porque eu lembro da minha infância e das minhas raízes”, afirmou Dolores Mendes.

A kuche, nome original e em alemão da Cuca, é um bolo de baunilha com farofa por cima, cobertura que é o diferencial da cuca e a deixa leve e crocante. O bolo é uma receita comum, mas com acréscimo de baunilha. E o que define o ponto da farofa é a quantidade de manteiga, ingrediente frequentemente usado na culinária alemã. “É muito fácil de fazer, no máximo, 40 minutos a receita está pronta. E é a farofa que faz o bolo virar cuca. Vai muito bem com um cafezinho, mas, na xícara de catarinense, bem cheia e não a de mineiro, que é pequeninha” disse Dolores.

Oitava edição

Além da receita da Cuca apresentada por Dolores Mendes, moradora de Cruzeiro dos Peixotos, distrito de Uberlândia, a oitava edição da seção De Bairro em Bairro – versão impressa e online do programa apresentado no Canal da Gente, da Algar Telecom, publicada aos sábados no CORREIO de Uberlândia -, terá uma reportagem sobre Moisés Silva, que afina pianos no bairro Santa Mônica, na zona leste.

Rotina em distrito é marcada pelo sossego

Quase não há movimento nas ruas e a sensação de paz e sossego predomina, entre um senhor que joga conversa fiada e as crianças que brincam na praça. Esta é a rotina de Cruzeiro de Peixotos, a 20 km de Uberlândia. “Eu cresci na roça, então aqui é a mesma energia, o mesmo verde, a mesma tranquilidade. Parece que eu ainda estou lá. Aqui eu encontrei um pedacinho do paraíso e quero ficar aqui por muitos e muitos anos”, disse a moradora do distrito de Uberlândia, Dolores Mendes.

A opção de Dolores por morar em Cruzeiro dos Peixotos foi para evitar o estresse da cidade grande. “Eu morava no bairro Martins em Uberlândia (no setor central da cidade). Além do estresse diário, era aquele barulho. Hoje não, aqui eu ouço só os pássaros”, afirmou. O distrito, que é ponto de passagem para ciclistas da região, situada na zona norte do Município de Uberlândia, conta com alguns personagens marcantes, como o Tião Galinha. Morador de Cruzeiro dos Peixotos que tem leve retardo mental, ele ajuda nas tarefas das famílias que ali vivem, como levar e trazer as crianças da escola e fazer compras.

Durante a entrevista para o De Bairro em Bairro, percebemos que o distrito também é marcado por cenários diferentes dos que se veem constantemente em Uberlândia. Em Cruzeiro dos Peixotos, tivemos a companhia de galinhas, pintinhos, muitos cachorros e até dois micos que brincavam nas árvores e, com sutileza, invadiram a cozinha da casa de Dolores em busca de frutas.

PUBLICADO NO CORREIO DE UBERLÂNDIA EM 4 DE ABRIL DE 2015.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Categoria:

Notícias

Deixe um Comentário