Adicionado por em 2015-01-19

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

ano-novopor Celso Machado

Todos nós temos hábitos, comportamentos e atitudes que gostaríamos de corrigir. Sejam pequenos vícios (às vezes “maiorzinhos”), implicâncias, mudanças de rumos, de relacionamentos, às vezes de vida.

Nessa lista que varia de pessoa para pessoa, muito provavelmente estão parar de fumar, diminuir a bebida, mudar de emprego ou atividade, praticar mais exercícios físicos e vários outros. Mas certamente os tops são cortar ou diminuir gastos e “desengordar”.

Penso que uma medida prática que serve para ambos seja deixar de comprar a prazo. Pagar a vista e se possível, antecipadamente. O que quero dizer com isso? Na questão das despesas está bem claro, comprar apenas aquilo que a condição financeira permitir no momento. Juntar para reunir o valor da compra e ter poder para conseguir o melhor preço. E principalmente não ficar devendo para não criar dependência. E com isso estar preparado para enfrentar eventuais mudanças que todos estamos sujeitos a passar em relação a finanças. Outro aprendizado dessa prática é que ela proporciona mais controle sobre o impulso de gastar.

E no campo da saúde física, o que entendo por não comprar a prazo? Simples, não deixar para depois. Primeiro os cuidados com o corpo, na alimentação e nos exercícios físicos diários. E depois, só depois, atender aos desejos e tentações. Mas sempre com moderação.

A pessoa que adquire esse hábito não só aprende a cuidar melhor de si, como passa a valorizar cada gesto seu na hora de alimentar. Ao ter controle sobre o estômago ela entrega o comando de seu comportamento para quem tem melhor capacidade de raciocinar: a cabeça.

Não acredito que quem malha todo dia por mais de uma hora, vá comendo tudo que aparece pela frente. Ela sabe muito bem a equivalência entre um pão de queijo e trinta minutos de esteira. E que, conforme o pão de queijo, ele é que sai vencedor nessa corrida.

Se queremos mudar hábitos, então porque não fazemos? Porque na verdade não queremos, apenas desejamos. Porque quando queremos a gente não adia. Sabe que a melhor hora para fazer isso é sempre agora. Hoje. O resto são desculpas para justificar nosso comodismo.

O trecho de uma das canções mais famosas do poeta Geraldo Vandré diz isso com uma precisão infalível “vamos que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

Ah e tem outra verdade que deixei para o final: é muito mais fácil dar orientações sobre mudança de comportamento, do que mudar a gente mesmo!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe um Comentário